Inicio Alimentação Como escolher o melhor presunto

Como escolher o melhor presunto

Vai bem no pão, em saladas, com carne, com peixe, com fruta ou sozinho, assim “à gulosa”. O nosso presunto é delicioso, de norte a sul de Portugal – e todas as variedades merecem ser experimentadas, fatia após fatia. 

O consumo de presunto é uma parte tão essencial da nossa cultura e tradição que temos vindo a encontrar cada vez mais formas de integrar a sua presença em todas as refeições do dia. As gamas de presuntos Continente e Continente Seleção oferecem-lhe soluções práticas e saborosas para toda a família e para qualquer momento de consumo: fazer uma sandes ou uma tapa, acompanhar uma salada, criar entradas deliciosas ou até enriquecer uma receita.

A questão que se põe é: como escolher o melhor presunto? E, depois de comprado, como conservá-lo da melhor forma? A maneira como o devemos consumir também interessa? Conheça a resposta a estas questões e deguste dos melhores presuntos.

Como escolher o melhor presunto

A escolha deverá ser feita com base no aspeto visual, percebida através da cor, da gordura, da textura, do aroma e do sabor. A cor da carne vai variar de acordo com a raça do animal e com o tempo de cura.

A textura depende também da raça, já que a gordura intramuscular vai tornar a carne mais macia. O aroma deve ser o de carne maturada e fumada, quando o método de fabrico recorre ao fumeiro. O sabor deve ser marcado pela carne maturada ou fumo e com notas de sal. Por vezes, nos presuntos são visíveis cristais de tirosina, pequenos pontos brancos irregulares, indicativos indicativos de uma cura prolongada e de qualidade.

Como conservar presunto

O presunto com osso deve ser guardado em local seco, arejado e de preferência escuro. Para garantir todas as suas propriedades organoléticas, corte-o apenas no momento de consumo e de preferência em fatias finas. Quando o consumo estiver terminado, use a gordura retirada do presunto para “tapar” a carne exposta e, assim, evitar que o presunto fique ressequido, surjam bolores e rancificação.

Quando se trata de presunto em fatias, compre somente o necessário para consumo imediato ou então embalado. Caso haja sobras, estas deverão ser conservadas no frigorífico em recipiente hermeticamente fechado.

Como consumir presunto

O momento e tipo de consumo podem ser indicadores para a escolha de determinado presunto. Entradas, petiscos e culinária são alguns desses momentos e pedem diferentes formatos. No caso de a escolha recair num presunto para degustar e o seu consumo ser limitado a poucas pessoas, deverá escolher uma opção já fatiada.

Caso o consumo seja para um grupo grande de pessoas e imediato, a escolha poderá recair num presunto com osso. Para efeitos culinários, escolha presunto já cortado em cubos, fatias ou pedaços. Como o consumo de presunto pode ser feito de variadas formas, torna-se um alimento bastante versátil, essencial na lista de compras e o ideal para pratos com carne, peixe ou bacalhau, massas, sopas, purés ou como complemento com melão.

Agora que sabe com mais detalhe como escolher, conservar e consumir o presunto, desfrute ainda das suas refeições junto de amigos ou familiares. E partilhe estas informações com todos eles.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Descubra o vinho Sem Maneiras do chef Lju-bomir Stanisic e Dirk Niepoort

Descubra o vinho Sem Maneiras do Chef Lju-bomir Stanisic e Dirk Niepoort. Este vinho repleto de aroma e sabor não o irá deixar indiferente.

4 Dicas para treinar o seu cão desde o primeiro dia

O treino do cão desde o primeiro dia é muito importante. Veja 4 Dicas para treinar o seu cão desde pequeno.

3 passos para provar e degustar um vinho corretamente

Degustar vinho é uma arte. Conheça como deve provar e degustar vinho para desfrutar de cada aroma, cheiro e sabor em pleno.

Mitos e realidades sobre beleza

Muito se diz sobre beleza. Saiba o que é mesmo verdade e o que são mitos.

Tudo o que precisa de saber sobre as cebolas

Conheça as variedades das cebolas produzidas em Portugal. Descubra como usá-las e os seus benefícios.