Inicio Alimentação Peixaria Dourada fresca do Algarve Continente: o maior projeto nacional de aquacultura

Dourada fresca do Algarve Continente: o maior projeto nacional de aquacultura

Quem gosta de peixe, faz questão de o ter à mesa fresco, da melhor qualidade e de preferência português. A dourada fresca da costa do Algarve Continente preenche todos os requisitos de exigência dos portugueses. Com uma produção 100% nacional, criada em mar aberto na costa do Algarve e em águas com condições excelentes, chega às peixarias do Continente diretamente do mar.

Produção sustentável de peixe dourada através da aquacultura

A dourada fresca da costa do Algarve, é um exclusivo Continente e resulta da produção em aquacultura, junto à ilha de Armona, em Olhão, onde se encontra o maior projeto nacional de produção de dourada em mar aberto, permitindo que este peixe se desenvolva no seu ambiente natural.

A aquacultura tem um papel cada vez mais importante na produção mundial de alimentos de origem aquática, uma vez que evita a sobre-exploração dos mares e dos recursos naturais. Este tipo de produção é uma alternativa às formas tradicionais de pesca. Atualmente, mais de metade de todo o pescado consumido a nível mundial provém de aquacultura, o que faz com que seja considerado um setor estratégico também em Portugal.

A criação de peixe em aquacultura permite reduzir o impacto nas espécies mais procuradas para captura e, ao mesmo tempo, dar resposta às necessidades e preferências dos portugueses, já que são os terceiros maiores consumidores de peixe a nível mundial per capita.

O Algarve, uma região privilegiada para a produção de dourada

O Algarve, por reunir as condições ideais para um peixe de elevada qualidade, é a região de produção da dourada fresca da costa do Algarve Continente. As águas límpidas desta região têm também a temperatura indicada, pela influência do Mediterrâneo.

Estamos perto do consumidor

O Continente elegeu a costa do Algarve como região para produção de dourada em aquacultura, por conseguir estar mais perto do consumidor. Isto permite oferecer um produto fresco, que chega diretamente do mar às peixarias do Continente em menos de 24 horas.

Produção 100% nacional e sustentável

Ao escolher a dourada fresca da costa do Algarve Continente, está a privilegiar um produto super fresco, 100% português e a apoiar uma produção de pescado sustentável, que contribui para a redução a sobre-exploração dos mares e minimiza o impacto inerente à sua distribuição.

Em Portugal, a dourada é um peixe de eleição. Seja grelhado, assado, frito ou estufado, são poucos os portugueses que não consomem este peixe repleto de benefícios e sabor. Faça boas escolhas e partilhe com os seus amigos e familiares para que todos possam contribuir para um consumo mais sustentável, enquanto saboreiam um peixe fresco e de qualidade.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Os melhores espumantes para as suas Festas

Chegamos ao mês do Natal e da passagem de ano. É o momento de fazer balanços, mas também de festejar por ter...

Tudo o que precisa saber sobre as couves

Por serem alimentos ricos a nível nutricional e com baixo valor calórico, as couves podem e devem fazer parte de uma alimentação...

Dicas para enfeitar a árvore de Natal

Acredita-se que a tradição de enfeitar árvores no Natal surgiu no século XVI na Alemanha, através de Martinho Lutero. Reza a lenda...

Conheça os chás e tisanas mais reconfortantes

O chá é apreciado por toda a gente e tem uma história que remonta a 3000 anos a.C. Beber uma chávena de...

Conheça o azeite Cinco soldos

Muito saudável e com um papel central na alimentação mediterrânica, o azeite está intrinsecamente ligado à nossa gastronomia. O Continente, ao reconhecer...