Inicio Bem-Estar Nutrição Açúcar: tudo o que deve saber

Açúcar: tudo o que deve saber

Cada vez se fala mais na necessidade de reduzir o consumo de produtos com excesso de açúcar. Atualmente com o excesso de produtos ultra processados disponíveis, é comum ouvirmos falar em doenças crónicas relacionadas com os hábitos alimentares. Diabetes tipo 2, obesidade e doenças cardiovasculares são só alguns exemplos.

Para incentivar uma alimentação saudável, não é necessário banir por completo o açúcar. No entanto, deve haver um equilíbrio entre o consumo moderado de açúcares e outros produtos como o sal e as gorduras, e a restante variedade de alimentos escolhidos, nomeadamente o aumento do consumo de frutas e hortícolas. Saber interpretar tabelas nutricionais também é uma grande ajuda para garantir as melhores escolhas quando vai ao supermercado.

Conheça mais sobre este ingrediente, quais as suas principais fontes e como o pode evitar para prevenir as piores consequências.

O que são açúcares?

O açúcar e os produtos açucarados são ricos em hidratos de carbono simples (açúcares), podendo ser adicionados aos alimentos e bebidas na sua produção ou no momento de consumo. São produtos que devemos consumir moderadamente e nestes incluem-se, também, os açúcares naturalmente presentes no mel, xaropes, sumos de fruta e concentrados de sumo de fruta. Excluem-se alimentos como fruta, vegetais frescos e o leite que, apesar de terem naturalmente açúcares na sua composição, devem ser incluídos diariamente numa alimentação saudável.

Atenção aos açúcares escondidos

As principais fontes de açúcares estão escondidas em alimentos muitas vezes não vistos como “doces” e em produtos mais processados como bolachas, chocolate em pó, cereais de pequeno-almoço, refrigerantes, molhos, entre outros. E as diferentes denominações de açúcar encontradas na lista de ingredientes fazem com que algumas passem despercebidas. As mais comuns são: sacarose, glucose ou glicose, dextrose, frutose, maltose, lactose, maltodextrinas, açúcar invertido, melaço, mel, açúcar mascavado, açúcar de cana e xaropes de açúcar, de milho, de arroz e de agave.

Em que quantidades se deve consumir açúcar?

A Organização Mundial da Saúde limita ingerir uma quantidade de açúcares simples diária de cerca de 50 gramas, mais ou menos 12 colheres de chá (uma quantidade inferior a 10% do total da energia diária).

Dicas que o podem ajudar a substituir o açúcar no dia-a-dia:

  • Reduza a adição de açúcar nas bebidas, como o café ou chá;
  • Reduza os açúcares nas sobremesas, aromatizando as receitas com canela, erva-doce, extrato de baunilha ou raspas de laranja;
  • Deixe os alimentos ricos em açúcares para ocasiões festivas, como os bolos, bolachas e biscoitos, refrigerantes e compotas;
  • Faça da água a sua bebida de eleição ou, como alternativa, as águas aromatizadas.

Agora, preserve a sua saúde e bem-estar, modere o consumo de produtos ricos em açúcares e seja consciente nas suas escolhas. Partilhe este artigo com os seus amigos e familiares de modo a alertá-los dos perigos do açúcar em excesso e como isso pode ser contornado.

ÚLTIMOS ARTIGOS

10 bons vinhos rosé para o verão

Os rosés são vinhos perfeitos para o verão. Leves, frescos e com uma coloração única, oferecem imensas possibilidades de harmonização gastronómica. Podem...

Conheça a nova Yammi 2 Edição Limitada Vida Saudável

Com o ritmo de vida acelerado da sociedade moderna, cada vez mais as pessoas têm menos tempo para cozinhar, pelo que ter...

5 receitas para fazer gin tónico em casa em dias quentes

Nos dias quentes de verão, nada melhor do que uma bebida refrescante para degustar entre amigos, em família ou até sozinho. Aliás,...

Picanha: conheça esta carne tenra e suculenta

A picanha é a estrela de qualquer churrasco. É aquela carne que todos ficam à espera que chegue à mesa para a...

Melancia: tudo sobre esta fruta fresca de verão

Com as suas cores vibrantes, verde por fora, vermelha por dentro, com sementes pretas a salpicar a polpa sumarenta, a melancia é...