Inicio Lifestyle Vinhos Cuidados a ter com a temperatura do vinho em dias quentes

Cuidados a ter com a temperatura do vinho em dias quentes

É de extrema importância que a temperatura do vinho seja sempre o mais regulada possível, de forma a conservar as suas melhores propriedades e sabor. Com a chegada do tempo quente, o Continente partilha algumas recomendações acerca das temperaturas adequadas para a guarda do vinho na cave e para o momento da abertura e serviço das garrafas.

Temperatura ideal para armazenar o vinho na cave

O intervalo aproximado de temperaturas durante a elaboração do vinho é de 13 a 28ºC. Este habitat sugere que a vida de um vinho é tanto mais prolongada e qualitativa se todos os alojamentos por onde uma determinada garrafa passar, respeitarem e, se possível, estreitarem a baliza inicial. Essa baliza será de 15 a 20ºC, desde a elaboração, distribuição, comercialização e guarda.

Tal como nós durante a juventude, o vinho tem fibra e elasticidade para acomodar alguns excessos de temperatura. Contudo, com o envelhecimento, a partir de 3 a 5 anos, reclama uma temperatura homogénea e perpétua, até ao momento de preparação para o consumo, um dia ou umas horas antes de revelar toda a sua plenitude.  

Qualquer garrafa, independentemente da cor e tipologia de vinho (espumante, tranquilo ou licoroso), diminui o risco de um envelhecimento precoce ou desequilibrado se for guardada à temperatura constante aproximada de 15ºC.  

Prevenção de oscilações da temperatura do vinho

O pior que pode acontecer a um vinho é estar sujeito a variações diárias de temperatura. Este fenómeno, que provoca a repetida expansão e contração do líquido, é de risco muito elevado para a integridade da rolha e para a saúde e longevidade do vinho. Isto significa o risco de uma subida acentuada do nível do vinho e do aumento de pressão sobre a rolha. Por exemplo, nunca se esqueça de garrafas de vinho na viatura, sobretudo se estiver um dia de calor.  

É recomendado guardar as garrafas deitadas, garantindo assim a humidade e aderência corretas da rolha, mas no caso da existência de variações diárias de 5ºC, recomendamos a guarda das garrafas com inclinação, ou mesmo na vertical, perto de um meio humidificador, se o ambiente for seco. 

Cada vinho requer cuidados distintos no momento de servir

Relacionamos a guarda em cave com a estrutura de um vinho tinto tranquilo ou de um poderoso Porto Vintage. Mantendo a guarda com 15ºC constantes, o vinho tranquilo tinto sairá da sua cave em condições ótimas de serviço (podendo ser facilmente ajustado à temperatura de 17 – 18ºC).

No caso dos brancos e rosés, o apoio de um balde com gelo e água, permitirá, nas últimas horas antes do serviço, alcançar a temperatura de 9-10 graus, ou um pouco menos no caso de espumantes.

Para os melhores vinhos licorosos do mundo – Porto, Madeira, Moscatel de Setúbal ou Moscatel do Douro – a redução de temperatura deverá posicioná-los nos 13-14ºC. 

O correto armazenamento e tratamento do vinho é fundamental para a qualidade no momento de servir à mesa. Siga as recomendações e adapte os cuidados e temperaturas a cada tipo de vinho para que o prazer de degustar um copo de vinho em dias quentes seja maior. Se considera esta informação útil, partilhe com os seus amigos e familiares que não dispensam um bom copo de vinho à mesa.

ÚLTIMOS ARTIGOS

4 ideias de prendas de Natal para fazer em casa

Caminhamos a passos largos para o Natal e a lista de prendas começa a ser feita. E porque não, neste Natal, oferecer...

As propriedades nutricionais dos frutos secos para o seu Natal

O Natal está a chegar e com ele o aumento significativo do consumo dos chamados frutos secos. Estão presentes na maioria das...

Renove a sua decoração de outono/inverno com as novas coleções Kasa.

Os dias cinzentos, com chuva e frio chegaram. O verão já lá vai, o calor também, e o tempo que passamos em...

Lasanha de Bacalhau com Espinafres

Para si que gosta de bacalhau, trazemos-lhe uma receita de lasanha de bacalhau. Se gosta muito de lasanha, então esta receita vai...