Inicio Lifestyle Vinhos Tudo sobre vinhos e a sua conservação

Tudo sobre vinhos e a sua conservação

A qualidade do vinho não depende só da casta, do produtor ou do ano de colheita. A forma como a garrafa é armazenada – local, temperatura e posição – pode comprometer a qualidade e duração do produto. Saiba tudo sobre vinhos no que concerne à sua conservação de modo a armazenar corretamente as suas garrafas e manter a qualidade do vinho.

Tudo sobre vinhos: Como se devem conservar as garrafas?

Local

As garrafas de vinho devem ser conservadas num local escuro, longe da luz direta e da iluminação artificial. Apesar das garrafas de vinho serem feitas, por norma, com vidro escuro, não deixam de ser de vidro, um material onde os raios solares conseguem penetrar. A luz direta leva ao envelhecimento do vinho e à alteração do sabor e da cor. Idealmente deve guardar os vinhos, tintos e brancos, num armário fechado, longe de fontes de calor e de alimentos com aromas fortes, como alho e cebola. Estes odores acabam por passar para a garrafa e alterar o aroma do vinho.

Temperatura

O local de armazenamento deve ser fresco, longe de fontes de calor. Além disso, não deve sofrer significativas variações de temperatura. Temperaturas altas são causadoras da oxidação do vinho e consequente envelhecimento. Conserve as garrafas num armário fechado na parte mais fresca da casa, numa garagem ou até mesmo num espaço com ventilação.

Posição das garrafas

A forma mais indicada para armazenar as garrafas de vidro é mantê-las na horizontal. Esta posição permite que as rolhas estejam em contacto permanente com o vinho, mantendo-as húmidas e sem a possibilidade de entrada de oxigénio. O oxigénio é também um fator que influencia a qualidade do vinho, alterando a sua cor, aroma e sabor. Utilize uma garrafeira para armazenar as garrafas na horizontal. Este elemento permite que as garrafas estejam deitadas sem que haja contacto entre elas. Assim, sempre que pretender tirar uma garrafa, as outras não são afetadas pelo movimento, uma vez que a trepidação pode causar a alteração do sabor do vinho.

Quais os produtos aconselhados para abrir, servir e conservar o vinho?

Desde os saca-rolhas às bombas de vácuo, são diversos os utensílios que facilitam o momento de servir o vinho e a sua posterior conservação.

  • Bomba com rolhas para vácuo: a retirada de oxigénio através de uma bomba de vácuo, amplia a preservação das características sensoriais de um vinho numa garrafa aberta;
  • Saca-rolhas automático: para utilizar quando se trata de uma rolha de um vinho com mais idade. Deve garantir que a mesma não está colada às paredes do vidro, antes de a remover;
  • Saca-rolhas com dupla alavanca: deve usar a longa distância para a primeira e maior força de remoção da rolha e acabar com a alavanca pequena;
  • Saca-rolhas com alavanca: quando usa o saca-rolhas não deve perfurar a rolha na sua totalidade, evitando assim que caiam partículas de cortiça no vinho;
  • Decantador: permite que o vinho entre em contacto com o ar, para evidenciar todos os aromas e sabores. Os vinhos mais antigos devem ser decantados para separar os possíveis sedimentos;
  • Manga refrigeradora: a presença de uma manga refrigeradora no congelador é essencial para o serviço de qualquer garrafa de vinho branco ou rosé.

O local para armazenar vinho deve ser fresco e escuro, sem trepidação e apresentar condições para guardar as garrafas na horizontal. Reunidas estas condições, é possível manter a qualidade do vinho, tanto a curto como a longo prazo. Para desfrutar o vinho de forma a tirar partido de todas as suas potencialidades, deve ainda ter em casa os utensílios básicos para a sua conservação e para o momento de servir à mesa.

Não deixe de consultar outros artigos sobre vinhos que temos para si e partilhe estas dicas e boas práticas de conservação com outros apreciadores.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Conheça a nova edição limitada dos doughnuts Dunkin’ dedicada ao verão

Está disponível uma nova edição limitada de doughnuts da marca Dunkin’, com 4 unidades de sabores diferentes. Descubra os novos sabores de verão.

Bifes de couve com lentilhas

Inspire-se com a cozinha vegetariana e experimente bifes de couve com lentilhas. Tire partido de ingre-dientes como lentilhas, tahini ou mostarda de grão.

Tarte de chocolate mentolado

Adoce toda a família com uma tarte de chocolate mentolado. Experimente uma tarte para os amantes de chocolate e menta.

Gelado de Laranja Lima e Coco

Faça gelado de laranja, lima e coco para toda a família. Refresques os dias quentes de verão com um gelado magnifico e refrescante.

As bolas de berlim mais surpreendentes chegaram ao Continente

As bolas de Berlim Continente chegam até si com 17 sabores diferentes, dos mais tradicionais aos mais inovadores. Experimente e surpreenda-se.